Vítor Baía: «Sérgio Conceição recuperou jogadores nos quais quase ninguém acreditava»

Vítor Baía: «Sérgio Conceição recuperou jogadores nos quais quase ninguém acreditava»

Vítor Baía apadrinhou este sábado a realização de um jogo de solidariedade pelas vítimas da passagem do ciclone Idai em Moçambique, uma iniciativa que decorreu no Colégio Cedros, em Vila Nova de Gaia, e que juntou outros antigos jogadores como Deco ou Hélder Postiga. À margem do evento, o antigo guarda-redes do FC Porto abordou a atualidade dos dragões.

Época do FC Porto: Está a decorrer dentro dos objetivos iniciais. Está tudo em aberto, com uma excelente prestação na Liga dos Campeões, uma luta pelo campoenato com tudo em aberto…

Empate no Portugal-Ucrânia: Estávamos à espera de um Portugal mais consistente. É o início [da qualificação para o Euro’2020], não foi o resultado que todos queríamos, mas ainda há muito para jogar e Portugal tem um grande treinador e equipa e vamos voltar às vitórias

Renovação de Casillas: Fiquei muito feliz. Além de ser um guarda-redes extraordinário, é uma excelente pessoa e fiquei feliz por se manter entre nós. Ganhamos todos com isso e que continue a ganhar e a ajudar o FC Porto a manter os objetivos. São renovações estratégicas. Sabemos como funciona o FC Porto e o seu presidente. As grandes decisões estão aí a chegar e a equipa quer-se calma e tranquila e é isso que vamos ver: um FC Porto forte, ambicioso como é o normal

Sérgio Conceição: Tem tido uma importância extraordinária no que têm sido estes 2 anos do FC Porto e o grande responsável pela última grande conquista do campeonato. Veio dar uma consistência e equilíbrio muito grande, recuperou jogadores nos quais quase ninguém acreditava. Tem sido um obreiro de uma mudança naquilo que é a forma como a equipa se exibe, da garra, do querer que é a imagem do Sérgio e do FC Porto.