Toni Martínez radiante por estar no FC Porto

Toni Martínez radiante por estar no FC Porto

Imagem: FC Porto

O reforço espanhol diz que a sua melhor decisão foi sair de Inglaterra para o Famalicão pois agora abriram-se outras portas para o mundo do futebol.

Leia algumas declarações do jogador numa entrevista ao jornal espanhol AS:

«Ao assinar pelo FC Porto, realizei muitos sonhos ao mesmo tempo. Jogar por um grande clube da Europa, ter oportunidade de disputar a Liga dos Campeões, lutar para conquistar títulos. Mas ainda tenho outros sonhos e um deles é chegar a jogar pela seleção nacional»,

«É certo que cheguei a Portugal com o objetivo de que algum dia olhassem para mim, mas não esperava que esse momento chegasse tão rapidamente. Nem nos meus melhores sonhos imaginei jogar num clube como o FC Porto, mas neste desporto a vida pode mudar num ano. É a recompensa de muito trabalho»

«Sei que com Sérgio Conceição há que trabalhar, não há outra forma. O que trabalha joga, o que não trabalha, não»

«Agora pode parecer uma vantagem, mas pareceu-me um bom projeto desde o primeiro momento. Vi Nehuén Pérez, Racic, Álex Centelles… e pensei: “se todos escolheram este clube é por alguma coisa”. Posso dizer que foi a decisão mais acertada da minha vida. Falei com o mister [João Pedro Sousa], que conhecia de Inglaterra e não pôde dar-me mais confiança»

«Desde o dia que soube do interesse do FC Porto que vi todos os seus jogos. Converteu-se numa motivação pessoal. Comecei a lutar com o objetivo de acabar aqui. Eu já via, porque gosto de ver futebol. Sou o tipo que chega ao sábado e se senta a ver futebol às três e levanta-se no dia seguinte. Quando saiu o calendário e vi que no primeiro jogo ia voltar a Inglaterra, não acreditei. Ainda há pouco saí do West Ham, porque não me deram oportunidade na primeira equipa. Agora, volto com um clube como o FC Porto para jogar a Liga dos Campeões. Dei um passo atrás para dar seis em frente. Desfrutemos, porque o City-Porto vai ser um jogaço»