Sérgio Conceição elege o melhor momento de 2018 e lembra o prazer...

Sérgio Conceição elege o melhor momento de 2018 e lembra o prazer de treinar o FC Porto

Treinador dos dragões comentou o apuramento para a final-four da Taça da Liga, após triunfo sobre o Belenenses por 2-1.

Significado desta vitória histórica [16.ª consecutiva]: “Estamos contentes, é mais um objetivo alcançado, como no ano passado, em que chegámos à final-four. Na meia-final perdemos nos penáltis, este ano queremos mais, queremos ganhar. Estávamos atentos ao outro jogo, houve emoção, hoje a Taça da Liga é vivida de forma diferente do que era no início. Hoje foi a 16.ª vitória consecutiva, é bom para o clube, para mim é bom porque coincide com o apuramento para a final-four da Taça da Liga”.

Análise: “Demorámos a entrar no jogo, tivemos uns 20 primeiros minutos fracos, mas quando acordámos na disponibilidade a nível mental, o jogo teve praticamente só um sentido, com um boa réplica do Belenenses, o jogo deu-lhes esse ânimo, com miúdos com qualidade. Mas fomos mais fortes do que isso, tivemos muitas ocasiões de golo, o Mika acho que foi o melhor jogador em campo. É merecido, no fundo estamos a colher o que é o fruto do nosso trabalho”.

Quatro primeiros classificados do campeonato estão na final-four: “Acho que agora os clubes dão uma importância diferente a esta competição. Tenho aqui a braçadeira que é para a Liga não me multar outra vez. Os quatro primeiros clubes estão na final-four, é bom, vão ser duas meias-finais muito competitivas e isso só prestigia esta competição”.

Melhor momento de 2018: “O objetivo que todos queríamos, que era a conquista do campeonato. Mas todos os dias é um grande prazer trabalhar nesta casa, vivemos com uma ambição muito grande, vivemos momentos muito positivos em 2018 e agora é continuar em 2019”.