Sérgio Conceição e João Henriques enterraram o machado de guerra

Sérgio Conceição e João Henriques enterraram o machado de guerra

Sérgio Conceição e João Henriques enterraram ontem o machado de guerra, cumprimentando-se ainda antes do apito inicial, numa altura em que ambas as equipas se perfilavam perante a bancada central.

O técnico dos insulares saiu do túnel de acesso ao relvado em primeiro lugar e já se encontrava no banco aquando da passagem de Sérgio Conceição por essa zona. O treinador azul e branco parou, cumprimentou João Henriques e colocou um ponto final numa novela que começou na temporada passada e que ao longo da presente semana deu que falar.

No final do jogo, quando Sérgio Conceição se encaminhava para o centro do terreno para se reunir com os seus jogadores, foi a vez de João Henriques ir na sua direção e depois de o cumprimentar deu-lhe um abraço, acabando de vez com a polémica criada na época passada, num P. Ferreira-FC Porto que acabou com a vitória dos castores. Nessa altura, recorde-se, o técnico dos dragões deixou o seu homólogo de mão estendida, queixando-se de antijogo. O reencontro nos Açores acabou por servir para os dois técnicos reatarem as relações.

Fonte: Record