PRESIDENTE RECEBE PRÉMIO EXCELÊNCIA CARREIRA DA REVISTA “MAIS ALENTEJO”

PRESIDENTE RECEBE PRÉMIO EXCELÊNCIA CARREIRA DA REVISTA “MAIS ALENTEJO”

Galardão é atribuído no âmbito da gala anual da publicação, no Teatro Nacional S. Carlos, em Lisboa

Jorge Nuno Pinto da Costa recebe esta sexta-feira o prémio Percurso Excelência Carreira, que lhe é atribuído pela revista Mais Alentejo no âmbito da 14.ª gala da publicação, que decorre no Teatro Nacional S. Carlos, em Lisboa. Em declarações à entrada da cerimónia, ao Porto Canal, o presidente do FC Porto manifestou-se “supreendido” pela distinção atribuída pela revista sedeada em Beja, da qual é admirador pelo combate ao “centralismo doentio”.

“Fui convidado a vir aqui pelo senhor António Sancho, que é o director. Há alguns anos fiz uma entrevista e fiquei com um bom relacionamento e apreciador das suas qualidades de trabalho e da luta que faz para manter a revista com a qualidade que tem. Fazer algo fora de Lisboa exige muito trabalho e persistência. Vim como admirador e estou surpreendido pelo prémio, porque não vinha preparado”, afirmou.António Sancho justificou momentos antes, também ao Porto Canal, a distinção como um “reconhecimento pelo percurso de excelência” que Pinto da Costa tem protagonizado “ao longo de 33 anos” na liderança do FC Porto, com “imensos títulos que falam por si”. “O júri entendeu que era um prémio justíssimo”, sublinhou. O presidente dos Dragões, por seu lado, frisou que a sua presença serve “para dar força à revista”, editada desde Julho de 2000: “Venho mostrar o meu apreço pelo Alentejo, que, como todas as outras zonas do país, sofre de um centralismo doentio, que infelizmente existe cada vez mais. Venho dar apoio a que continuem, porque têm uma excelente revista”.

Jorge Nuno Pinto da Costa aproveitou a ocasião para fazer um balanço da época nas várias modalidades. Em todas elas há “boas perspectivas de poder vencer”, sendo que a equipa de futebol é a única em Portugal que se mantém invicta em todas as provas. “Os campeonatos são provas de regularidade e o que interessa é vencer mais do que os outros, seja em que momento for, em Outubro ou em Março. Estamos na luta por todos os títulos, em todas as modalidades. Avalio a temporada positivamente e estamos a atingir muita qualidade nas diversas equipas”, resumiu.

1