“Nem que esteja o meu filho do outro lado, estou a defender...

“Nem que esteja o meu filho do outro lado, estou a defender o FC Porto e pronto”

Sérgio Conceição comentou o episódio com João Félix, no final da partida frente ao Benfica, na qual o FC Porto perdeu por 2-1 no Estádio do Dragão.

Estado emocional após perder jogo com o Benfica: “Estado emocional é sempre o melhor na vertente competitiva, estamos sempre preparados para os desafios. Agora, se me pergunta se estamos satisfeitos de perder um clássico? Obviamente que não, aqui ninguém fica contente por perder. Estado emocional é o melhor para lutar sempre pelos três pontos, agora pode ser com um sorriso um bocadinho maior ou menor. Se calhar agora é menor, porque perdemos esse jogo, mas amanhã talvez seja maior”.

Não cumprimento a João Félix: “[Um reparo que] Tem a ver com aquilo que querem fazer de uma pequena situação, um cumprimento ou não cumprimento a um adversário no fim do jogo. Foi completamente ridículo que foi falado, nas redes sociais e mesmo na comunicação social. Há muita gente que não tem nada para fazer. No fim do jogo estou é preocupado com os meus jogadores e não com o rival, fora das quatro linhas é diferente. Também pode estar a minha família, é igual, não quero saber. Nem que esteja o meu filho do outro lado, estou a defender o FC Porto e pronto, não tenho de se hipócrita e dar beijinhos e abraços aos rivais, não sou assim e não tenho de ser diferente só para ser simpático e agradar às pessoas”.

Diferenças dentro e fora das quatro linhas: “Isto para dizer que dentro das quatro linhas é uma coisa, fora é outra, o jogador em questão [João Félix] esteve em minha casa a passar férias no ano passado, este ano também pode, só tem de pagar a viagem, comer pode comer à borla”.

Fonte: O Jogo