Moda e o FC Porto

Moda e o FC Porto

Na época de 97/98 o FC Porto conquistou, sem oposição, o Tetra-Campeonato pela primeira vez na sua história competitiva. Desde a segunda jornada que os azuis e brancos subiram à primeira posição e nunca mais a largaram. No fim da primeira volta já se vislumbrava o desfecho de mais uma época dos tri-campeões nacionais que, após 24 vitórias e 75 golos marcados, ficaram a 9 pontos de distância do segundo classificado.
No entanto, o trajeto na Liga dos Campeões, foi devastadora. Com apenas uma vitória na fase de grupos, o FC Porto ficou no último lugar do grupo D do qual também fazia parte o Real Madrid, o Rosenborg e o Olympiakos.
Esta foi a época que ficou marcada pelo facto do brasileiro Jardel ter sido, pela segunda vez consecutiva, o melhor marcador com 26 golos, mas também pelas polémicas internas que envolveram António Oliveira e alguns jogadores.

Na época de 98/99 os azuis e brancos conquistaram o tão ambicionado Penta-Campeonato com uma marca impressionante de 85 golos marcados. No entanto, a época não se iniciou da melhor maneira: a saída de António Oliveira trouxe enumeras mudanças no plantel e Fernando Santos, que o sucedeu, pouco tempo teve para se ambientar e reformular a tática bem como integrar os novos Dragões. Na realidade, a expectativa que se gerou em torno de alguns jogadores não correspondeu ao valor real que demonstraram de Dragão ao peito. Aliás, na baliza foi mesmo preciso aguardar pelo regresso de Vitor Baía.

Nas épocas de 1997 a 1999, a Kappa surgiu nos equipamentos da equipa portista!
O equipamento principal era composto por uns calções azuis com 3 riscas verticais brancas de cada lado, umas meias brancas com 2 riscas azuis horizontais no topo, uma camisola com 2 faixas azuis e 3 brancas verticais intercaladas entre si com uma risca branca horizontal para o patrocínio que na altura era a Revigrés.
O equipamento alternativo foi bastante intrigante! Um dragão azul forte em boca de fogo a insinuar-se na fibra laranja da camisola, calções com os mesmos tons de azul com as riscas laranjas dos dois lados e umas meias laranjas com uma risca do mesmo tom de azul.
O terceiro equipamento foi muito apreciado pelos adeptos.

[sociallocker id=120]A ligação com a Kappa foi, porém, pouco duradoura… Foi com eles que os azuis e brancos se tornaram tetra e penta-campeões![/sociallocker]

1