FC Porto: cinco reviravoltas nos últimos seis jogos

FC Porto: cinco reviravoltas nos últimos seis jogos

O FC Porto tem tido afinco na reação às desvantagens no marcador. Nos últimos seis jogos oficiais, a equipa de Sérgio Conceição deu a volta por cinco ocasiões, sempre nas competições internas. Neste agregado de meia dúzia, só ante o Galatasaray é que os campeões nacionais não precisaram de o fazer, pois nunca estiveram atrás no marcador.

A série de respostas eficazes deste ciclo tem o mês de dezembro como denominador comum e começou no Dragão, para a Liga, ante o Portimonense. Os azuis e brancos começaram a perder, mas venceram por 4-1.

Já após o êxito na Turquia, por 3-2, o FC Porto voltou à Liga para vencer o Santa Clara nos Açores, por 2-1, após ter estado em desvantagem.

Seguiu-se um triunfo por 4-3 ante o Moreirense, nos oitavos de final da Taça de Portugal, num jogo que o FC Porto chegou a estar a perder por 1-0.

Mais recentemente, e de forma idêntica, as desvantagens ante Rio Ave e Belenenses, para campeonato e Taça da Liga, respetivamente, acabaram com triunfo da equipa de Sérgio Conceição, por 2-1, o último dos quais este domingo.

Além destas cinco cambalhotas no marcador, o FC Porto conseguiu uma sexta esta época: foi ante o Varzim, para a Taça da Liga. Os poveiros começaram a vencer, mas os dragões levaram a melhor, por 4-2.

De resto, o FC Porto só não deu a volta ao marcador em duas ocasiões esta temporada. No Estádio da Luz, para a Liga, ante o Benfica (derrota por 1-0) e na Alemanha, ante o Schalke 04, para a Liga dos Campeões, onde arrancou um empate após desvantagem.

No sentido contrário, o FC Porto já viu escapar a vantagem por duas vezes em 2018/2019, ambas no Dragão. Foi contra o Desp. Chaves, para a Taça da Liga, jogo que acabou com empate a uma bola. Pior só a derrota com o Vitória SC, por 3-2, após vantagem de 2-0.