Direção azul e branca recorre para o TAS no caso Brahimi

Direção azul e branca recorre para o TAS no caso Brahimi

O FC Porto foi condenado a pagar 44 mil euros devido ao envolvimento da Doyen na contratação de Brahimi.

O clube recorreu da decisão para o Tribunal Arbitral do Desporto (TAS) por não concordar com a decisão.