Conceição e os golos sofridos a abrir: «Obviamente, preocupam-me»

Conceição e os golos sofridos a abrir: «Obviamente, preocupam-me»

Sérgio Conceição não gostou de ver o FC Porto a sofrer novamente o primeiro golo do jogo. Foi a terceira vez nos últimos quatro jogos. O técnico esteve na sala de imprensa após a vitória por 4-3 sobre o Moreirense:

«O jogo foi rico em muitas coisas. O Moreirense é uma belíssima equipa, bem orientada e com jogadores capazes. Sabe o que fazer em campo. Vai fazer um campeonato acima da média. Nós fizemos três jogos em sete dias, com sete mil quilómetros em viagens. A minha equipa mete sempre intensidade, agressividade e um ritmo forte. O Moreirense errou porque nós provocámos esses erros. Sabíamos como pressionar e ferir.»

[sobre os golos sofridos]

«Sofremos um golo quando devíamos estar mais equilibrados em termos defensivos. Mas até ao intervalo podíamos ter feito quatro/cinco golos, sem exagero. Depois errámos numa bola parada. A nossa segunda linha defensiva na bola parada falhou e eu não fico nada satisfeito com isso.»

«Na segunda parte tivemos mais uma ocasião pelo Marega, um penálti não assinalado sobre o Danilo, e fizemos dois golos. E depois há um grande golo do Heriberto, com mérito dele. Parabéns ao Moreirense e parabéns aos meus jogadores num jogo perigoso.»

[sobre mais um golo sofrido no início]

«Não sou romântico e preferia ganhar por 1-0. Obviamente, preocupa-me. Temos de perceber o que não estamos a fazer tão bem. A organização defensiva é a base dom sucesso da equipa. E não me refiro a blocos baixos. Hoje a organização defensiva foi importante para ir fazer golos.»