Angrense 0-2 FC Porto, ganhamos à equipa equipa de encarnado nos Açores.

Angrense 0-2 FC Porto, ganhamos à equipa equipa de encarnado nos Açores.

Alberto Bueno marca os dois golos da partida e é considerado o melhor em campo pela sua exibição!
O FC Porto passa, desta forma, aos oitavos de final da Taça de Portugal: a terceira vez que chega a essa eliminatória nas últimas cinco épocas.

Mesmo com um onze alternativo, não tivemos dificuldades em dominar o encontro desde o início. Depois de várias tentativas, abrimos o marcador aos 14 minutos, por intermédio de Alberto Bueno, após assistência de José Angel. O avançado espanhol bisou ainda antes do intervalo, aos 40, num bonito pormenor técnico, após cruzamento de Osvaldo.

A oportunidade de maior perigo dos açorianos surgiu já em cima do descanso. Eugénio Fernandes aproveitou um erro do estreante Víctor García, junto da baliza, e rematou muito perto da baliza. Valeu aos dragões a mancha de Helton a evitar que o Angrense reduzisse a desvantagem.

O segundo tempo começou da mesma forma como terminou, sem grandes lances de perigo. Destaque para duas grandes intervenções de David Dinis, a negar aquilo que pareciam golos certos dos dragões, primeiro com uma grande intervenção após remate de Varela, depois tirando a bola dos pés de Evandro, quando o brasileiro tentava contorná-lo.

Dani Osvaldo teve mais uma oportunidade para mostrar serviço e mais uma vez não mostrou nada.

Vitória tranquila na Ilha Terceira, garantindo a passagem aos oitavos de final da Taça de Portugal.

1024